Logo Instituto Universitário - Mestrado e Doutorado em Portugal


21 2419-6313 / 2419-6260

NOVIDADE!

Imagem de NOVIDADE!

Para médicos e estudantes de medicina

I CURSO INTERNACIONAL HISPANO-BRASILEIRO DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOMÉDICAS

 

ORGANIZAÇÃO: Instituto Univesitário de Rio de Janeiro (Brasil)

                            Universidad Francisco de Vitoria - UFV (Espanha)

 

COORDENADOR: Dr. Antonio J Pérez-Caballer                                  

DIRIGIDO A : MÉDICOS E ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO E POS-GRADUAÇÃO EM  MEDICINA

DATAS: 10, 11, 12  de JANEIRO DE  2018

SEDE: Facultad de CC Salud, UFV, Madrid, España

 

Jornada 1: QUARTA-FEIRA:  10 de JANEIRO DE 2018.

Coordenador: Dr. Cruz Santos (Biotecnologia UFV)

Medicina e Biotecnologia

  • 10-13H: Bloco  Teórico manhã : Medicina e Biotecnologia

- Neurociencias

- Nanotecnología

- Avanços em Biotecnología com aplicação médica

  • ALMOÇO
  • 15- 18H. Bloco  Prático tarde:  participação em grupos  de 12 alunos

- Prática (case): Microscopia multi-fotón: 90 minutos

- Prática(case): Introdução aos cultivos celulares: 90 minutos

 

Jornada 2: QUINTA-FEIRA 11 de JANEIRO DE 2018

Investigação em Medicina

Coordenador:  Dr. Domínguez Bendala ( Universidad de Miami  y UFV Madrid)

  • 9-11H. Bloco teórico - manhã

a. Investigação translacional

i.  Definição

ii. Exemplo I: Células-tronco

iii. Exemplo II: Trasplante de islotes

iv. Exemplo III: Terapias regenerativas do pâncreas

v. Exemplo IV: terapias gênicas com CRISPR/Cas9

vi. Exemplo V: genes suicidas para transplante de células-tronco

Neste bloco se discutirão CASES  de atualidades nas investigações biomédico- translacionais aplicadas ao tratamento de enfermidades humanas. Ademais, se discutirão os princípios para ajudar a distinguir a investigação de mérito sobre o ruído de fundo que constituem a ciência desnecessária ( ex: a investigação cuja justificativa seja “porque se pode fazer”) e  a fraudulenta (sobre a que se assenta a bilhonária indústria do turismo médico).

b. Ferramentas para o novo investigador

i. Tipos de investigador principal: academia, indústria, medicina

ii. Tipos de financiamento: federal/nacional, estatal, indústria, fundações, filantropia. Peer-review, paylines

iii. Como escrever um projeto de investigação

iv. Como revisar um projeto de investigação

v. Como acompanhar um projeto de investigação

vi. Propriedade intelectual (patentes) e spin-offs

Nesta seção apresentaremos um guia para o novo investigador principal e as ferramentas que tema ao seu alcance para desenvolver um projeto científico translacional desde sua concepção até sua apresentação aos organismos reguladores. Se dará particular ênfase  em como “vender” o mérito de um projeto a seus potenciais patrocinadores, públicos ou privados, assim como na proteção e exploração da propriedade intelectual e de patentes.

c. Ensaios clínicos

Neste bloco se discutirão os requisitos exigidos pelas autoridades de EEUU e Europa para levar uma terapia traslacional à clínica, assim como a estructuração e financiamento das distintas fases de ensaios clínicos.

  • 11h30-13h30: Bloco prático - manhã

Os estudantes, trabalhando em grupos, estruturarão e escreverão um abstract estendido (500-1000 palavras) de uma proposta de investigação translacional. Se dará aos estudantes uma introdução teórica à escrita científica (introdução, hipóteses, justificativa das hipóteses (rationale), apresentação de resultados e discussão. Em continuação lhes proporcionará uma série de temas científicos (e.x., transplante de córnea, terapia genética para a obesidade, etc.) e lhes pedirá que estudem a literatura disponível a esse respeito (via PubMed) e estruturem uma proposta coerente e convincente encaminhada a comprovar a veracidade da hipótese apresentada. Devido a que a publicação da imensa maioria da literatura científica esta em inglês, este exercício se fará neste. A última meia hora se empregará na discussão dos resultados do trabalho de cada grupo.

  • 13.30: Finalização dos cases de investigação

- ALMOÇO

  • 15h – 19h30:  CASE PRÁTICO tarde ( 2 grupos de 12 alunos)

Curso de Introdução à microcirugia: Dra. Carmen Calles: 2H

- Conceito de microcirurgia, sua importância no século xxi;

- Meios óticos de magnificação, material e suturas em microcirugia;

- Aprendizagem de microcirurgia, controle de tremores e técnica de sutura microquirúrgica;

- Práticas de aprendizagem do manejo de microscópio, ergonomia, manejo de instrumental e técnica de sutura micro cirúrgica em simulador sintético.

Prática: Técnicas Cirúrgicas básicas em simuladores: Dr. Jiménez de los Galanes: 2H

- Simulador laparoscópico

- Toracocentesis

- Drenagem de neumotorax

- Punção lombar

 

Jornada 3: SEXTA-FEIRA, 12 de JANEIRO  

Coordenador: Dr. Antonio Pérez-Caballer, Facultad CC Salud, UFV

Jornada da manhã

  • 9-11.30 h. Visita Hospital MD Anderson  Cancer Center Madrid: 

- Seção clínica Faculty MD Anderson: Exposição de casos clínicos em Oncologia

  • 13h: Visita Ciudad Deportiva Atlético de Madrid Club de Futebol (Sujeto a disponibilidade)

- Avanços em Recuperação em Medicina Esportiva

 

Jornada de tarde: Facultad CC Salud UFV

  • 16h - 18h: NOVOS HORIZONTES EM MEDICINA

- Biomateriales e medicina

- Equipe Centro Superior Investigaciones Científicas (CSIC)  , Madrid

- Avanços nos cultivos de cartílago

- Equipe Clínica Centro – Amplicel

 

  • 18H : ENCERRAMENTO DAS JORNADAS: Entrega de Diplomas

 

- CERTIFICADO:  20 HORAS

 

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO:

- Documento de identidade (RG ou CNH)

- Diploma e graduação em Medicina ou declaração de estudante em Medicina.

 

 

 

Tags : neurociencia, nanotecnologia, medicina, biotecnologia